voltar

NOTÍCIAS & ARTIGOS

OS CONTEÚDOS PODERÃO SER PRODUZIDOS E APRESENTADOS POR ROBÔS?

OS CONTEÚDOS PODERÃO SER PRODUZIDOS E APRESENTADOS POR ROBÔS?

Por Daniel Rimoli – Diretor de Planejamento & Inovação

MAR | 2021

Por Daniel Rimoli – Diretor de Planejamento & Inovação

Durante esta terceira semana de março, ocorre uma SXSW totalmente repaginada. Apostando na experiência 100% digital, tanto por meio de encontros em realidade virtual, quanto no consumo de conteúdo de forma assíncrona e on demanda, o evento dá um passo rumo a um futuro híbrido. 

Como sempre acontece, o evento abre diversas portas mentais sobre o que podemos esperar para o futuro. Uma das maiores fontes de inspiração todo ano para mim é a "Startup Village", que ocorre no Hotel Hilton. Infelizmente este ano não há possibilidade de se presenciar isso, mesmo assim o radar está ligado para as startups e novos aplicativos. E a primeira que me impactou foi a Synthesia. 

O aplicativo/plataforma permite que você produza um filme com locução espontânea de um ou uma apresentadora virtual. Você envia o texto, escolhe o modelo de apresentador(a), e em alguns segundos, no seu e-mail, chega o vídeo pronto. Sim, é impressionante e mais um passo para este caminho da automação da produção de conteúdo. 

aqui segue o vídeo que simulamos para este teste: https://share.synthesia.io/15833a44-e094-4433-ba95-cc833d8ca74e

Como sempre falo, não encare uma inovação como esta como algo isolado e definitivo. E, sim, como uma semente, algo que irá plantar uma mudança de comportamento. E o que podemos verificar é que, em breve, poderemos ter apresentadores de telejornais totalmente virtuais. Será que dispensaremos os "William Bonner" e as "Maju Coutinho" espalhados pelo mundo? 

Não é a primeira iniciativa e nem será a última. Um dos primeiros impactos que me impressionou a partir da Inteligência Artificial foi o software Wordsmith da Automated Insights. O aplicativo, lançado já há 5 anos, ainda impressiona, produzindo conteúdo a partir de coletas automatizadas e usando algoritmo de AI para gerar artigos automatizados. A maioria de conteúdo veiculado pelos principais veículos é fruto da reprodução de releases emitidos pelas marcas. Um software como o Wordsmith substitui facilmente um jornalista. Basta ele fazer uma "limonada" das diversas fontes para informar o cidadão. 

Em setembro de 2020, o The Guardian decidiu ousar e publicou um texto 100% redigido por um robô https://amp-theguardian-com.cdn.ampproject.org/c/s/amp.theguardian.com/commentisfree/2020/sep/08/robot-wrote-this-article-gpt-3O texto era justamente para mostrar que seria quase que impossível inteligência artificial produzir sozinha. Mas será que seria possível confiar?

Parece obra de ficção? Nem tanto. Esta gana que os profissionais de comunicação possuem em compreender padrões para gerar algo novo vem evoluindo nos últimos anos. O ING Bank da Holanda gerou o Último Rembrandt há 7 anos https://www.youtube.com/watch?v=M-oo2hMhTDY, e o time da Accenture chegou a produzir o último discurso de John F. Kennedy em 2018 https://www.accenture.com/nz-en/case-studies/interactive/jfk-unsilenced-ai-audio-speech, aí já entrando no campo do áudio, refazendo o discurso que JFK faria algumas horas depois de sua morte. Tudo a partir de fragmentos e conteúdo produzidos por estes autores em suas vidas. 

O que está claro é que tecnologias como Synthesia ficarão cada vez mais acessíveis e evoluídas. O Gmail poderá recomendar e-mails prontos cada vez mais precisos com base nas dezenas de milhares de mensagens que escrevemos ao longo dos anos. No Social Media, o Instagram poderá recomendar sugestões de posts também cada vez mais surpreendentes, diminuindo a necessidade em procurarmos fotos e frases. E, no jornalismo, tudo que for notícia factual, sem análise, poderá ser gerada por robôs. 

Será que vamos conseguir separar o que é real de fato daquilo que foi produzido artificialmente? Além das fake news e das deep fake, teremos que evoluir neste exercício diário.

 

 

 

 

 

 

 

Inspire-se e repense com a gente.

Receba os nossos artigos, novidades
e campanhas no seu e-mail e celular.

Enviado! E-mail cadastrado com sucesso!

Erro! Cadastro não realizado, tente novamente mais tarde.

RIO DE JANEIRO

Waze

R. Visconde de Piraja, 495, 11º andar Ipanema - 22410-002 - Rio de Janeiro - RJ
+55 21 2540 6020

Entre em contato com a gente