voltar

NOTÍCIAS & ARTIGOS

Menos vaidade e mais colaboração

Menos vaidade e mais colaboração

Por Otavio Dias

FEV | 2021

Por Otavio Dias

Já podemos declarar que acabou a era em que o cliente entende do negócio dele e a agência comunica a ideia central ao consumidor?

Eu acredito que sim. Estes papéis agora se misturam tanto que ambos precisam trabalhar cada vez mais juntos para produzir resultados satisfatórios.

Dentro da REPENSE também não vemos mais sentido em trabalhar por área ou departamento. Nossos times são plurais e incentivamos que contribuam uns com os outros.

A ideia central é que possamos construir juntos, internamente, com cada cliente e também em rede: com profissionais de fora da agência com perfis e expertises diferentes e complementares. Afinal, a inteligência coletiva será sempre muito maior do que a inteligência individual.

A velocidade das informações que nos chegam sem parar no dia a dia trouxe uma consciência muito maior sobre a importância dessas parcerias externas e internas, com ausência de vaidade e muito mais colaboração.

Não há mais como negar a importância do trabalho colaborativo, mas para evitar a dor de cabeça no meio dos processos e termos bons resultados, a fórmula continua sendo a mesma: ouvir, planejar, engajar e mensurar.

O TED Talk de Jim Tamm, ex-professor de Direito na Califórnia, diz que “o primeiro passo para que a parceria funcione de maneira eficiente é não ficar tão defensivo”. Ficar na defensiva é o primeiro grande inibidor de quem está coparticipando em um trabalho. Quem se sente assim está com o pensamento rígido, diminuiu a capacidade de resolver problemas e acaba por convidar os outros que estão na equipe a sentirem a mesma coisa.

Vale lembrar que esta é uma condição humana baseada no medo e, assim que o diminuímos, estamos aptos a aumentar nossa habilidade em resolver problemas.

Para construir colaboração, o ideal é manejar o instinto de se defender e deixar a vulnerabilidade agir. A escritora americana Brené Brown diz no livro “A Coragem de Ser Imperfeito” que vulnerabilidade não é ganhar nem perder. É ter a coragem de se expor, mesmo sem poder controlar o resultado.

Assim que deixamos de lado os julgamentos e críticas, permitimos que os outros nos vejam e criamos vínculos com as pessoas para que os projetos possam fluir da melhor forma possível. Com mentalidade correta para enfrentar os desafios, é possível construir relacionamentos mais saudáveis e produtivos tanto com o cliente como internamente. Como consequência, o resultado de um se torna o resultado de todos.

Clique aqui para assistir ao TED TALK de Jim Tamm:

https://www.ted.com/talks/jim_tamm_first_step_to_collaboration_don_t_be_so_defensive

O livro “A Coragem de Ser Imperfeito” (Editora Sextante) de Brené Brown pode ser encontrado aqui:

https://www.amazon.com.br/coragem-ser-imperfeito-Bren%C3%A9-Brown/dp/8543104335

 

 

 

 

 

Inspire-se e repense com a gente.

Receba os nossos artigos, novidades
e campanhas no seu e-mail e celular.

Enviado! E-mail cadastrado com sucesso!

Erro! Cadastro não realizado, tente novamente mais tarde.

De acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, este site utiliza cookies e dados pessoais para aprimorar a sua navegação. Ao continuar, você declara estar ciente dessas condições.